BIBLIOTECA DRA.

MANUELA PINTO DOS SANTOS

DISCURSO NA SUA INAUGURAÇÃO,

PELA DRA. MARIA ONDINA PEREIRA GONÇALVES, ANTIGA DIRETORA DA ESCOLA PROFESSOR DELFIM SANTOS

 

Lisboa, 6 de novembro de 2015

 

Ex.ma Direção
Ex.mo Sr. Prof. Doutor Filipe Delfim Santos
Ex.mos Convidados, Professores, Alunos e Encarregados de Educação

 

Recordo que, desde 2007, ano em que se comemorou o centenário do nascimento do Prof. Delfim Santos, a data de 6 de Novembro se institucionalizou como o dia em que, em cada ano, a Escola renova a celebração do seu insigne Patrono.

 

Recordo também que, a partir de então, este passou a ser, igualmente, o dia em que a Escola distingue os alunos que mais e melhor contribuem, pelo seu mérito escolar e cívico, para elevar e valorizar os princípios e ideais educativos deste estabelecimento de ensino e que, ao longo dos tempos, têm tido sempre presente o pensamento pedagógico tão lúcido, tão tangível e tão atual do seu Patrono.

 

Mas o dia de hoje acrescenta ainda uma nova página à já rica história da Escola Delfim Santos, com a justa homenagem à Dra. Manuela Pinto dos Santos, mulher do Prof. Delfim Santos, recentemente falecida, e que tantas vezes e tão bem soube exprimir a sua admiração pelo trabalho desta comunidade educativa e a sua gratidão pela ação da Escola que ostenta o nome do marido.

 

E este momento de evocação conduz-me, novamente, ao grato e agora emotivo sabor da recordação:

 

Recordo a Dra. Manuela Pinto dos Santos que tive a satisfação de conhecer e com quem tive a privilegiada oportunidade de privar.


Recordo o seu porte aristocrático, aliado a uma doçura e generosidade tocantes.


Recordo a sua delicadeza extrema e a sua educação primorosa.


Recordo a sua grande cultura manifestada com a mais profunda simplicidade.


Recordo a sua apurada sensibilidade cultivada e alimentada no seu amor pelo belo, a poesia e a música.


Recordo a sua contagiante alegria por poder participar da vida da Escola e os seus nobres gestos de gratulação.


Recordo a Mulher sempre comprometida com a missão de perpetuar o valor cultural da vasta e variada obra do Prof. Delfim Santos.

 

Ao ser dado à Biblioteca desta Escola o nome da Dra. Manuela Pinto dos Santos, que foi também Professora, mas sobretudo notável Ensaísta e profícua Tradutora, cumpre-se um desígnio de gratidão e lança-se uma nova pedra nos alicerces identitários deste estabelecimento, abrilhantando-lhe um percurso de mais de quatro décadas.

 

Hoje, a Dra. Manuela Pinto dos Santos não está, de modo físico, entre nós, mas adivinho-a feliz por saber que permanece no universo da nossa memória.

 

Obrigada.

Exposição das obras de autoria de Manuela de Sousa Marques e das traduções que assinou como Manuela Pinto dos Santos. Foto: Lucinda Marques

Foto: Lucinda Marques

Alunos da Escola Delfim Santos junto às obras de Manuela Pinto dos Santos

Este site foi dedicado por Manuela de Sousa Marques Pinto dos Santos a todos os estudantes de Literatura atuais e futuros.

Reúne os seus trabalhos de ensaística e o elenco das suas traduções, constituindo a principal referência para o conhecimento da sua vida e da sua obra.

 Maria Manuela de Sousa Marques Pinto dos Santos, 2009, 2015.

 Autorizados e encorajados todos os usos com menção da fonte.